sexta-feira, novembro 14, 2008

Da vida, da vidinha e da exposição da Rita Barros.


Entretanto não escrevi nada sobre o ASSUNTO que apaixonou o mundo. Obama é o próximo presidente dos Estados Unidos. Subscrevi parabéns. Queria dizer tantas coisas sobre esta eleição, sobre a qual toda a gente já disse o que havia para dizer. Mas acabar o próximo livro toma-me o tempo todo. O disponivel para o intelecto. A vidinha, toma conta do resto. Há quatro dias a correr para um dos telefones que gritavam pela casa, espalhei-me ao comprido no corredor. Pouco depois tinha uma pata de elefante, um ovo de avestruz no lugar de tornozelo. Pensei: ganda chatice. Deitei-me na cama, com o computador ao colo...
O aviso chegou a horas. O pé vai desinchando paulatinamente. Nada partido, nada estragado. E a «Maria Adelaide» a chegar mesmo ao fim. Que me desculpe a Rita Barros. Caí duas horas antes de ir para a Galeria Pente 10, à inauguração da sua exposição Presença da Ausência, que vai lá ficar até 10 de Janeiro de 2009.
Mas já andei a espreitar as imagens:
http://www.pente10.com/
http://www.ritabarros.com/

Enviar um comentário