segunda-feira, maio 07, 2012

Parábolas do amor perfeito

O amor perfeito não tem definição possivel. As palavras perdem dimensão na radiância da sua luz. Os encontros fazem-se de eternidades. Os desencontros são ilusões. O fim é apenas outro termo para designar mutação. E sempre é para sempre.
Enviar um comentário