segunda-feira, setembro 21, 2015

«O que eu andei para aqui chegar»

A convite do jornal Público, e juntamente com mais dez outros cronistas, iniciei uma colaboração no recém-criado blogue Comício Público - o blogue de 11 políticos em campanha.  Até às eleições, cada um de nós terá ali uma janela para comunicar com leitores, elucidando-os sobre o projecto a que cada um de nós está ligado. No meu caso, PAN - Pessoas, Animais, Natureza.

É um texto de apresentação, este primeiro. O que me trouxe aqui, e porquê esta ligação a um partido de causas? Um extracto:

«E há quatro anos surgiu o PAN — Pessoas, Animais, Natureza, e eu gostei logo das propostas que apresentava, porque mais do que um partido senti-o como um… inteiro. Uma associação de causas – Animal, Ambiental e Humana – onde as propostas defendidas eram as que eu acarinhava há muito tempo. Devolver ao ser humano a sua integralidade, no respeito pela casa de todos, a Terra, e na empatia com todas as formas de vida: tinha chegado a casa! E estava a conectar-me com humana gente que me tem estimulado a crescer e a acreditar que os sonhos mais improváveis, quando sonhados por muita gente que sonha da mesma maneira, vêm a tornar-se realidades.
O resto foi surgindo por acréscimo à medida que o envolvimento na dinâmica do PAN – inclusive nas primeiras dores de crescimento – implicaram mais disponibilidade mental, doação de tempo, energia e amor.» Para ler tudo: «O que eu andei para aqui chegar» 

Enviar um comentário