domingo, janeiro 13, 2013

Nuvens de palavras

Diários do irreal quotidiano em wordle
Nuvens de palavras seguem o escritor como sombras vivas e brilhantes, dotadas de mente, e comportando-se de acordo com uma lógica caótica, indecifrável pelas regras do senso comum. Não lhe dão paz. Ou seja, alimentam-se do escritor, alimentando-o. Quando porventura o abandonam, a solidão que deixam atrás de si é avassaladora.


 
Enviar um comentário