terça-feira, maio 28, 2013

Gosto muito das terças-feiras

Gosto muito das terças-feiras, e das quartas-feiras, e das quintas-feiras e mesmo das sextas-feiras. Dos sábados já nem tanto. Dos domingos, não gosto nada. Das segundas-feiras não tenho grande opinião. Umas vezes gosto, outras nem por isso. Mas quando estou fora do tempo, e os dias se tornam iguais mesmo com as suas diferenças, aí gosto de todos.
Em qualquer das circunstâncias, não me apanham com relógios. Há muitos e muitos anos. Entretanto sou extremamente pontual. O tempo é um estado de espirito. Convém termos nós as rédeas da sua abstração.

Inspiração sobre este devaneio. A belíssima instalação do Carlos Filipe na Flower Power do nosso encantamento: «Num abrir de gaveta o tempo passa por nós».
Enviar um comentário