quarta-feira, janeiro 25, 2012

O regresso do rei

Ela recebeu a notícia do seu regresso ao reino num alvoroço de noiva. Podia ser mais uma daquelas notícias que tanta expectativa criavam e que depois, por imperativos de Deus, se dilatavam até sabe-se lá quando. Só que agora havia datas, propósitos mais firmes e  sinais íntimos que o coração lhe confirmava. Por isso, a exultação da rainha era tão patente aos olhos de todos.

- Meus filhos, ides conhecer o vosso Pai - disse então aos infantes que eram pequenos demais para perceber a razão de tamanha alegria. Para eles, o pai era uma espécie de deus, tão inacessível como um santo do altar, e tão perigoso como um daqueles arcanjos armado com lanças e espadas de fogo a defender as portas do paraíso.

Mas entretanto, havia a viagem ao seu encontro. E essa ia ser uma viagem longa, e de festa. Coisas que qualquer criança entende.
Enviar um comentário